Review: Monster Boy and the Cursed Kingdom

Por Andrés Calil em 13 de Dezembro/2020 às 10:25

Chega perto do Natal e eu fico com vontade de jogar videogame. Não qualquer jogo, mas sim jogos que remetam à minha infância! Vasculhando a Internet atrás de algo que me leve aos tempos dourados do Super Nintendo, encontrei Monster Boy and the Cursed Kingdom, um game no estilo "MetroidVania" extremamente divertido e viciante.

O que é metroidvania?

É basicamente um estilo de jogo criado em "Metroid" (do SNES) e extremamente popularizado por Castlevania Symphony of the Night", daí o nome do gênero. Basicamente é um jogo bidimensional com um mapa gigantesco onde o jogador só tem acesso à novas áreas do jogo após conseguir um poder ou habilidade, como salto duplo, bombas que destroem paredes ou coisa que o valha.


Esse é o mapa de Monster Boy, repleto de segredos e passagens secretas. Clique na imagem para vê-lo em tamanho real.

O roteiro

Você é um herói chamado Jin cujo tio bêbado roubou um cajado mágico que transforma todas as pessoas do reino em animais. Sua missão é encontrar seu tio e desfazer a besteira. O problema é que você também foi transformado em um animal (um porco), e isso vai dificultar bastante a situação.

Na cidade você descobre a existência e localização de orbes mágicas que podem te ajudar a resolver o problema, cada orbe trará o poder de te transformar em um animal diferente.


Cada animal possui um conjunto de habilidades diferentes. O Leão, por exemplo, é capaz de atravessar telas inteiras utilizando seu dash.

Poderes e Equipamentos

O jogo possui três formas diferentes de conseguir habilidades. Uma é através dos equipamentos (armas, escudos, armaduras, braceletes e botas) que podem ser encontrados pelo mapa ou comprados nas lojas de armas. Cada equipamento pode ter um ou vários poderes que devem ser aprimorados no ferreiro.

Por exemplo, a espada de fogo aprimorada dispara bolas de fogo apenas se sua vida estiver cheia, mas se você aprimorar o bracelete de vermelho, terá bolas de fogo infinitas.

A segunda fonte de poder são as transformações. Jin começa como um Porco (que além de possuir magia tem um super olfato), mas consegue desbloquear a forma da Cobra (que passa através de buracos e escala musgos), do Sapo (cuja língua puxa objetos e se pendura em plataformas, além de poder nadar em aguas profundas), do Leão (com dashes poderosos que atravessam telas e destroem muralhas) e do Dragão (que voa e cospe fogo).

Além das transformações, ainda há o sistema de magia (fogo, bomba, bumerangue, tufão e relâmpago) que deve ser adquirido e aprimorado ao longo da aventura. Vale lembrar que apenas o Porco e a forma humana de Jin podem utilizar magia. A forma humana é desbloqueada apenas para a última fase.

O jogo existe para Nintendo Switch, PlayStation 4, Xbox One, Microsoft Windows (PC), Stadia, PlayStation 5, Xbox Series X/S e está presente em praticamente todos os sistemas de jogos (como a Steam).


Mais em Tudo Sobre Nada

© 2021MePixa! - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade