O filme A Casa parece Parasita, mas com um final bem feito

Por Andrés Calil em 19 de Abril/2020 às 21:43

Juntamente com o sucesso de La Casa de Papel, a Netflix tem sido inundada com produções espanholas, o que é ótimo. É sempre reconfortante assistir a um filme ou série sem os recorrentes clichês americanos.

A Casa é um filme espanhol de suspense que conta a história de Javier Muñoz, um homem de classe média alta que, por perder seu emprego e não conseguir um novo por mais de um ano. Por fim ele é obrigado a vender seu apartamento e mudar-se para um menor e cheio de problemas.

O roteiro gira em torno da não aceitação de sua nova situação. Ao passo que se sente humilhado, Javier torna-se obcecado por seu antigo apartamento e os novos moradores que ali habitam. Além disso, quanto mais Javier observa essa nova família, mais inveja ele sente e mais repulsa ele adquire de sua mulher e filho.

Recomendo fortemente que você assista esse filme e se fascine com o quão baixo uma pessoa pode chegar para conseguir o que quer.

Daqui pra frente haverão spoilers

A princípio a trama segue muito parecida com “Parasita”: Javier começa a manipular situações para se tornar amigo de Tomás, o pai da família dos novos moradores. Logo que conclui seu objetivo, ele perde o medo de mentir e começa a manipular novas situações para tentar tomar o seu lugar.

Dessa forma, você acompanha toda a descida dele, de um simples pai de família e publicitário medíocre até um assassino manipulador. Ao passo que em cada cena o espectador se espanta com um “eu não acredito que ele fez isso”.

O que torna esse filme especial e diferente é que o plano dele funciona. Nesse sentido toda a manipulação de Javier tem o efeito desejado, e ele termina o filme morando em seu antigo apartamento, casado com sua nova esposa e pai de sua nova filha, deixando sua antiga família completamente de lado.

Porém não é um final “feliz” para o personagem, por conta da última cena.

Como resultado de conseguir tudo que queria, ele se incomoda profundamente com a pia da cozinha que parece estar com problema. Essa cena emblemática indica que a nova situação já não é mais o suficiente, e ele continuará descendo na espiral da loucura em busca de uma vida perfeita que não existe.

 

Mais em Tudo Sobre Nada

© 2020MePixa! - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade