Afinal, quem inventou o avião?

Por Andrés Calil em 12 de Novembro/2020 às 14:01

Em época de polaridades e nervos à flor da pele resolvi jogar mais lenha na fogueira e escrever essa matéria. 

Acredito que, antes de colocar qualquer opinião ou conclusão, o melhor caminho a seguir é desenhar uma linha do tempo com todos os acontecimentos envolvendo os Irmãos Wright e Santos Dumont em relação à aviação. Vai ficar mais fácil de explicar o que aconteceu e porque existem conclusões diferentes se você acompanhar os fatos.

Santos Dumont versus Irmãos Wright

1898
Fev
O primeiro dirigível de Santos Dumont (o N-1) foi lançado ao ar, mas o veículo se dobrou e caiu.
1898
Set
O terceiro dirigível de Santos Dumont (N-3) faz um voo quase perfeito, dando a volta na Torre Eiffel e descendo no exato lugar em que seu N-1 havia caído. O voo foi um sucesso.
1899
Jul
Os irmãos Wright testaram seu primeiro planador, um pipa biplano, e criaram uma forma de controlar a direção de seu voo.
1902
Out
Os irmãos Wright voam com o terceiro modelo de planador, catapultado, durante 30 segundos atravessando 200 metros.
1903
Dez
Os irmãos Wright testam seu primeiro avião motorizado. Sem o auxílio de catapultas, o motor leva o Flyer I ao ar e este atravessa 260 metros em cerca de 1 minuto. Foi o primeiro voo auto-suficiente dos irmãos Wright.
1904
Set
O Flyer II dos irmãos Wright consegue se sustentar voando durante 5 minutos e é a primeira aeronave a realizar círculos completos em pleno voo.
1904
Out
Três prêmios de aviação foram criados na França, um deles exigia que não se utilizasse nenhum tipo de balão durante o voo. Santos Dumont se interessou no tema e começou a projetar seus aviões.
1905
Mai
Santos Dumont cria seu primeiro planador, o N-11.
1905
Out
O Flyer III dos irmãos Wright cruzou 38km em 39 minutos em um único voo motorizado.
1905
Nov
Os irmãos Wright param de fazer testes com a viação e desmontam seu avião por medo de espionagem, para que suas invenções não caíssem nas mãos de concorrentes.
1906
Jan
Santos Dumont tentou a criação do N-12, uma espécie de helicóptero, mas seu trabalho fracassou por conta do peso do motor.
1906
Jul
Santos Dumont construiu seu primeiro 14-Bis. Porém o avião possuia um balão de hidrogênio para reduzir o peso e facilitar o vôo. O avião foi chamado de Oiseau de Proie (ave de rapina) pelos franceses. Foi criticado pelo balão acoplado com a declaração "A aviação deve ser resolvida pela aviação!"
1906
Out
O Oiseau de Proie II, de Santos Dumont, voou por 60 metros sem a necessidade de ventos contrários nem catapultas, declives ou elementos externos. Foi o primeiro vôo auto-suficiente de Santos Dumont.
1908
Mar
Os irmãos Wright realizam seu primeiro voo na França. O Flyer III voa por cerca de 40 minutos com uma segunda passageira a bordo, uma irmã da dupla.

Os irmãos Wright pilotando o Flyer III

Antes de mais nada, os fatos acima citados derrubam dois mitos muito comuns: O primeiro diz que os irmãos Wright usavam uma catapulta para seus aviões, o que não é verdade, as primeiras experiências deles utilizavam catapultas, as finais não. É bom salientar que se a pista de decolagem fosse muito curta eles utilizavam sim a catapulta para acelerar a nave, mas não era necessário. Porta aviões fazem isso até hoje para lançar seus caças ao ar, já que a pista de decolagem é muito curta.

O outro mito que é quebrado, que se eu me lembro bem, cheguei a aprender na escola, é que Santos Dumont com seu 14-Bis deu a volta na Torre Eiffel. Ele fez tal proeza, mas não com seu avião, e sim com um dirigível.

Por que existe a disputa?

Se você acompanhou a linha do tempo acima, percebeu que a dupla norte americana fez seu primeiro voo a motor em 1903 enquanto Santos Dumont só repetiu a proeza três anos depois. Porém existem controvérsias nessa história, e a causa delas é, curiosamente, o pensamento capitalista norte americano.

Enquanto Santos Dumont trabalhava na França ao lado de vários aviadores tentando criar algo em conjunto, os irmãos Wright trabalhavam em sigilo, pois eles sabiam que outras empresas poderiam roubar sua invenção.

Na maioria de seus voos, as únicas testemunhas eram seus próprios familiares, então, como ter certeza que eles realmente voaram em 1903? Inclusive quando a notícia dos Irmãos Wright chegou à Paris, toda a sociedade os desacreditou. As pessoas debochavam dos irmãos Wright por lá.

Porém o jogo virou em 1908, quando a dupla norte americana viajou para a França e fez uma demonstração de seu avião. Mesmo nessa época, dois anos após o primeiro voo de Santos Dumont, os aviões existentes por ali só conseguiam se manter no ar por pouco mais de 3 minutos.

Os irmãos Wright chegaram com uma aeronave independente capaz de voar por 40 minutos contínuos, e levando passageiros. A tecnologia de sua aeronave era tão avançada que alguns recursos que eles inventaram são utilizados na aviação até hoje.

O próprio Santos Dumont, ao ver a proeza, admitiu que, pela habilidade e tecnologia, os irmãos Wright provavelmente já tinham dominado o voo há anos.


É importante lembrar que Santos Dumont foi um dos nomes mais importantes da aviação, tendo ajudado a desenvolver inúmeras tecnologias nesta e em outras áreas.

Depois de 1908 os irmãos Wright passaram a ser considerados mundialmente os pais da aviação. O Brasil, ao lado da França, é um dos únicos países que desconsidera o fato.

Nós gostamos de acreditar que um brasileiro foi o primeiro homem a voar, enquanto a França gosta de acreditar que Paris foi o primeiro lugar onde um homem voou.


Mais em Tudo Sobre Nada

© 2020MePixa! - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade